segunda-feira, 18 de outubro de 2010

em busca do conhecimento espiritual

Em Busca do Crescimento Espiritual Se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. (1 Coríntios 5.17) O ponto de partida para o crescimento espiritual é a transformação de vida pelo poder do evangelho. Para isso, é preciso ter arrependimento, fé e conversão. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham, assim, os tempos do refrigério pela presença do Senhor (Atos 3.19). Pela graça sois salvos, por meio da fé (Efésios 2.8). A fé é a condição para que você possa chegar a Deus. Quando alguém entrega sua vida a Cristo por arrepender-se dos pecados e crer que Jesus é o Salvador, então se converte aos princípios do evangelho, gerando uma mudança radical, que a Bíblia chama de novo nascimento (João 3.4-6). Como é que a gente sabe se alguém teve um encontro real com Cristo e foi transformado em nova criatura? Não é por causa do terno e da gravada nem da Bíblia debaixo do braço; é pela transformação: um novo pensar, um novo sentir e um novo agir. Se a pessoa não mudar a mentalidade, não pode ter seus sentimentos e suas atitudes mudados. Se houver um novo modo de pensar, haverá mudanças de sentimentos. O ódio, a mágoa e a vingança dão lugar ao amor, ao perdão e à bondade. Com a mudança do modo de pensar e de sentir, ocorre a mudança de atitude. Sem isso, não há transformação na vida, porque o evangelho modifica as crenças e os valores do ser humano — isto é o ponto de partida para um crescimento espiritual. Para que você possa ter um crescimento real, sem anomalias, deve crescer proporcionalmente na graça e no conhecimento (2 Pedro 3.18), usando os meios disponíveis — a oração, a leitura da Palavra, a comunhão com o Corpo de Cristo, a evangelização, as experiências com Deus no dia a dia e a mordomia, o serviço cristão — para aproximar-se de Deus e ser transformado por Ele. Em Colossenses 3.1-15, vemos algumas etapas do processo de crescimento espiritual. Já no versículo 1, Paulo diz: Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima. Para ressuscitar com Cristo, é necessário morrer para o pecado e para o mundo. Depois, é preciso buscar e pensar nas coisas que são de cima (v.1,2). É assim que é iniciado o processo, pelo que domina a mente. Então, vem as etapas seguintes: fazer morrer os desejos da carne (v. 5) e revestir-se de entranhas de misericórdia, benignidade, humanidade, mansidão, longanimidade (v. 13). Deus, por intermédio de Seu Espírito, ajuda-nos, mas é a decisão de entregar-se a esse processo é nossa. O cristão precisa despir-se do velho homem e amar com amor genuíno, sacrificial. Ele tem de arrancar defeitos e plantar virtudes divinas no coração. Caso contrário, poderá atrapalhar seu crescimento espiritual. Se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis (Romanos 8.13). Para que não sejamos meninos inconstantes, levados por todo vento de doutrina, Paulo mostrou a importância de alcançar um padrão elevado na vida espiritual, a unidade da fé, o conhecimento do Filho de Deus, a varão perfeito, a medida da estatura completa de Cristo (Efésios 4.13). Este é o último estágio de crescimento do cristão; é alcançar imagem gloriosa de Cristo. João lembrou: Agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifesto o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos (1 João 3.2). Chegará o dia em que seremos espiritualmente semelhantes a Cristo e viveremos no céu, num lugar onde não haverá mais pecado, erro, dor, doença, morte, na presença de Deus. Então, veremos Jesus como Ele é. Vale a pena buscar o crescimento espiritual e participar de todo este processo de amadurecimento cristão, mesmo que haja percalços e pressão do diabo. Seja firme, constante e abundante na obra do Senhor. Almeje ser a cada dia um crente melhor. Se cair, saiba que Deus irá levantá-lo, sustentá-lo e elevá-lo a patamares superiores. Mas lembre-se de que Deus não nos dá algo porque acha que somos mais bonitos ou educados do que outros irmãos. Existem níveis, etapas, que eu e você temos de esforçar-nos para alcançá-los. Vamos, então, crescer para que o nome do Altíssimo seja louvado e engrandecido em nossa vida e por meio dela. É tempo de crescer! Receba esta palavra e que o Senhor o aben

homilética

HOMILÉTICA (Introdução) HOMILÉTICA Introdução ao estudo Da Arte de preparer e pregar sermões (Pastor Marcos Antonio da Silva) .Matéria ministrada no Seminário Teológico Shema da Assembly of God em Hyannis, MA - U.S.A. _______________________________________________ 1. QUAL O SIGNIFICADO DA PALAVRA HOMILÉTICA ... • (Todos alunos recitam – a definição da Apostila....) • HOMILOS – multidão, assembléia do povo • HOMILEU – que é o verbo conversar • HOMILIA – pequeno discurso • HOMILETIKE – ensino em tom familiar 2. Por que a pregação era desde o princípio da Igreja em tom familiar...HOMILETIKE... • Resposta: Os cultos eram nas casas. Soma-se ao fato de muitas vezes – a Igreja se reunir as escondidas devido as grandes perseguições. • Os moldes de ensino e pregação daqueles dias eram muito diferentes de hoje. • Quando a Igreja começou a proclamar a Palavra de Deus publicamente – sentiu-se a necessidade por parte dos líderes da Igreja – de se desenvolver o que chamamos de HOMILÉTICA SACRA. 3. QUAIS OS TRES ELEMENTOS QUE FORMAM A HOMILÉTICA SACRA... • 1ª.) ORATÓRIA • 2ª.) ELOQUENCIA • 3ª.) RETÓRICA 1ª.) ORATÓRIA - que é a arte de falar em público -Existem 5 formas conhecidas: - A Oratória Academica – nos círculos academicos e universitários - A Oratória Forense – nas corte e tribunais - A Oratória Política – nos discursos que tratam assuntos do Estado e do Povo - A Oratória Popular (desprovida de método que acontece nas ruas, festejos, e nos protestos sociais - A Oratória Religiosa ou Sagrada – Que busca divulgar a Religião e a Fé através da pregação. John Broadus: “ A PREGAÇÃO É A CARACTERÍSTICA DO CRISTIANISMO” 2ª.) ELOQUENCIA - É a capacidade adquirida ou aptidão natural do homem para persuadir, aperfeiçoada ou não pela arte. - O pregador não deve confundir eloquencia com emoção. Ele deve saber controlar suas emoções, sem porém neutralizá-las. - Na pregação – a Eloquencia é de grande valor. A Eloquencia não se manifesta apenas pelas palavras, mas também pelo olhar, gestos, postura do pregador - Eloquencia está interligado com o propósito de persuadir - Eloquencia é uma palavra derivada do Latim: ELOQUENTIA – que signigica ELEGANCIA NO FALAR. Obs: - Sobre isto – Convém que se diga que ser um pregador eloquente – não significa: .Ser um pregador mal educado .Ser um pregador desreipeitoso -Ser um pregador gritador 3ª.) RETÓRICA - Conjunto de Regras relativas a eloquencia; a arte de falar bem. - A Retórica é conjunto de regras que aprimora a Eloquencia e dá a pregação uma forma primorosa. - Definição do pastor Elienai Cabral: “ Retórica é o estudo teórico e prático das regras que desenvolvem e aperfeiçoam o talento natural da palavra. - É possivel um pregador ter boa retórica – e não ter Eloquencia Observação Importante: QUATRO ELEMENTOS QUE DEVEM SER CLARAMENTE ENTENDIDOS PELOS PREGADORES: 1º.) O TALENTO, A VOCAÇÃO.........................que vem de Deus 2º.) O CONHECIMENTO ADQUIRIDO.......pelo estudo, pesquisa 3º.) A HABILIDADE.......que é a soma do Talento, Dom com o Conhecimento adquirido 4º.) A UNÇÃO DO ESPÍRITO • ELOCUÇÃO - 1. Boa e elegante enunciação de pensamentos pela palavra. 2. Maneira de se exprimir • DOIS FATORES QUE DETERMINAM UMA BOA PREGAÇÃO, OU DISCURSO: A VOZ DO ORADOR E SEU VOCABULÁRIO 1º.) PROBLEMAS DA VOZ A) GAGUEZ ou GAGUEIRA – que se define pela dificuldade de articular as palavras B) TARTAREIO – que se define em pronunciar as palavras de forma incompleta: tartamudear. - Imagine um pregador que não pronuncia completamente as palavras (A compreensão fica difícil) B) BALBUCIENCIA – - Ela se caracteriza pela morosidade, lentidão em transmitir a mensagem. Então, o pregador ou orador fica balbuciando. Ele começa a engolir saliva, pigarrear e exprimir-se de forma confusa. 2º.) TIPOS DE PREGADORES COM RELAÇÃO A PROBLEMAS NA VOZ: A) O PREGADOR RESMUNGADOR - É aquele cuja voz parece estar enjaulada, porque fala com os lábios fechados ou com os dentes cerrados, dificultando o entendimento das palavras. B) O PREGADOR GRITADOR - É o oposto do resmungador. Prega pela garganta. Este tipo de pregador está fadado a perder logo a voz C) O PREGADOR CANTAROLADOR - É aquele pregador que a voz é como uma música desafinada. D) O PREGADOR MONÓTONO - mono: um - tono: tom - É o pregador cuja voz só tem uma tonalidade, que normalmente provoca sonolencia no auditório. E) O PREGADOR DE VOZ DUPLA OU TRIPLA - Ele no decorrer do discurso vai mudando a tonalidade da voz. Começa no grave...vai pro agudo... F) O PREGADOR ROUCO – Um irmão certa vez ao ouvir um pregador desse tipo, disse: Vamos arrumar um Xarope pra este homem!” G) O PREGADOR PIGARREADOR - Este tipo de pregador, toda veZ que vai falar precisa, limpar a garganta. Pode ser um tique nervoso... H) O PREGADOR FANHOSO - Dá a impressão que ele está se expressando pelas narinas ....................................................................................... COMPARTILHO AGORA A TÍTULO DE ILUSTRAÇÃO ALGUMAS MODALIDADE DE PREGADORES AO GOSTO DO PÚBLICO GOSPEL DE NOSSO TEMPO – (da preciosa pena do caro Pastor Ciro Sanches Zibordi) • Pregador humorista. Diverte muito o seu público-alvo. Tem habilidade para contar fatos anedóticos (ou piadas mesmo) e fazer imitações. Ele é como o famoso humorista do gênero stand-up comedy Chris Rock (que aparece na imagem acima). De vez em quando cita versículos. Mas os seus admiradores não estão interessados em ouvir citações bíblicas. Isso, para eles, é secundário. • Pregador “de vigília”. Também é conhecido como pregador do reteté. Aparenta ter muita espiritualidade, mas em geral não gosta da Bíblia, principalmente por causa de 1 Coríntios 14, especialmente os versículos 37 e 40: “Se alguém cuida ser espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor... faça-se tudo decentemente e com ordem”. Quando ele vê alguém manejando bem a Palavra da verdade (2 Tm 2.15), considera-o frio e sem unção. Ignora que o expoente que agrada a Deus precisa crescer na graça e no conhecimento (2 Pe 3.18; Jo 1.14; Mt 22.29). Seu público parece embriagado e é capaz de fazer tudo o que ele mandar. • Pregador “de congresso”. Entre aspas porque existe o pregador de congresso que faz jus ao título. Mas o pregador “de congresso” (note: entre aspas) anda de mãos dadas com o pregador “de vigília”, mas é mais famoso. Segundo os admiradores dessa modalidade, trata-se do pregador que tem presença de palco e muita “unção”. Também conhecido como pregador malabarista ou animador de auditórios, fica o tempo todo mandando o seu público repetir isso e aquilo, apertar a mão do irmão ao lado, beliscá-lo... Se for preciso, gira o paletó sobre a cabeça, joga-o no chão, esgoela-se, sopra o microfone, emite sons de metralhadora, faz gestos que lembram golpes de artes marciais... Exposição bíblica que é bom... quase nada! • Pregador de congresso agressivo. É aquele que tem as mesmas características do pregador acima, mas com uma “qualidade” a mais. Quando percebe que há no púlpito alguém que não repete os seus bordões, passa a atacá-lo indiretamente. Suas principais provocações são: “Tem obreiro com cara de delegado”, “Hoje a sua máscara vai cair, fariseu”, “Você tem cara amarrada, mas você é minoria”. Estas frases levam o seu fanático público ao delírio, e ele se satisfaz em humilhar as pessoas que não concordam com a sua postura espalhafatosa. Pregador popstar. Seu pregador-modelo é o show-man, e não o Senhor Jesus. É um tipo de pregador admirado por milhares de pessoas. Já superou o pregador de congresso. É um verdadeiro artista. Veste-se como um astro; sua roupa é reluzente. Ele, em si, chama mais a atenção que a sua pregação. É hábil em fazer o seu público a abrir a carteira. Seus admiradores, verdadeiros fãs, são capazes de dar a vida pelo seu pregador-ídolo. Eles não se importam com as heresias e modismos dele. Trata-se de um público que supervaloriza o carisma, em detrimento do caráter. Pregador contador de histórias. Conta histórias como ninguém, mas não respeita as narrativas bíblicas, acrescentando-lhes pormenores que comprometem a sã doutrina. Costuma contextualizar o texto sagrado ao extremo. Ouvi certa vez um famoso pregador dizendo: “Absalão, com os seus longos cabelos, montou na sua motoca e vruuum...” Seu público — diferentemente dos bereanos, que examinavam “cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim” (At 17.11) — recebe de bom grado histórias extrabíblicas e antibíblicas. Pregador cantante. Indeciso quanto à sua chamada. Costuma cantar dois ou três hinos (hinos?) antes da pregação e outro no meio dela. Ao final, canta mais um. Seu público gosta dessa “versatilidade” e comemora: “Esse irmão é uma bênção! Prega e canta”. Na verdade, ele não faz nenhuma das duas coisas bem. Pregador massagista. É hábil em dizer palavras que massageiam os egos e agradam os ouvidos (2 Tm 4.1-5). Procura agradar a todos porque a sua principal motivação é o dinheiro. Ele não tem outra mensagem, a não ser “vitória”, principalmente a financeira. Talvez seja o tipo de pregador com maior público, ao lado dos pregadores humorista, popstar. Pregador sem graça. É aquele que não tem a graça de Deus (At 4.33). Sua pregação tem bastante conteúdo, mas é como uma espada: comprida e chata (maçante, enfadonha). Mas até esse tipo de pregador tem o seu público, formado pelos irmãos que gostam de dormir ou conversar durante a pregação. Pregador chamado por Deus (1 Tm 2.7). Prega a Palavra de Deus com verdade. Estuda a Bíblia diariamente. Ora. Jejua. É verdadeiramente espiritual. Tem compromisso com o Deus da Palavra e com a Palavra de Deus. Seu paradigma é o Senhor Jesus Cristo, o maior pregador que já andou na terra. Ele não prega para agradar ou agredir pessoas, e sim para cumprir o seu chamado. Seu público — que não é a maioria, posto que são poucos os fiéis (Sl 12.1; 101.6) — sabe que ele é um profeta de Deus. Esse tipo de pregador está em falta em nossos dias, mas não chama muito a atenção das agências de pregadores. A bem da verdade, estas também sabem que nunca poderão contar com ele... Qual é a sua modalidade preferida, prezado leitor? Você pertence a qual público? E você, pregador, qual dos perfis apresentados mais lhe agrada?

o banquete da palavra

Jo 21:9-13 • A experiencia vivida por Pedro, Tomé, Natanael, Tiago e João e mais dois discípulos na praia do Mar da Galiléia, revela-nos que: Primeiro: Quando os nossos recursos se esgotam – cria-se o momento para Deus agir com poder e milagres...(pesca milagrosa, rede cheia) Segundo: Que a manhã da benção coloca um ponto final na noite da dor, de lágrimas e sofrimento – Jo 21:3,4...............Sl 30:5 Terceiro: Que o Senhor preparou um Banquete para os seus filhos. Chamo a sua preciosa atenção para algumas preciosas lições sobre o Banquete que Jesus serviu para os seus naquele memorável dia – que nos leva ao seguinte tema: O BANQUETE DA PALAVRA. Vamos a primeira lição: 1. O BANQUETE DA PALAVRA FOI PREPARADO PELO SENHOR • Davi fala de sua alegria em participar do Banquete preparado pelo Senhor – “Preparas uma mesa mesa perante mim...” (Sl 23:5) • Cantares 2:4, nos diz que é Ele que nos leva a sala do Banquete • O convite não é feito por qualquer um – Mas, feito por Jesus Cristo. Aqui está a grande diferença. O convite é precioso e nobre – Vem dos lábios santos de Nosso Amado Salvador Jesus. Que lindo saber: Que Cristo já nos preparou um manjar que nos comprou, e agora nos convida a cear. Com celestial maná, que de graça Deus te dá, vem faminto tua alma saciar. Vem cear o Mestre chama vem cear – mesmo hoje tu te podes saciar. Poucos pães multiplicou, água em vinho transformou, vem faminto a Jesus, Vem cear. 2. O BANQUETE JÁ ESTÁ PRONTO • Quando Pedro e os demais que estavam com ele chegaram junto de Jesus na praia, tudo já estava pronto...Nada por fazer...O Senhor já tinha preparado tudo...A ceia estava pronta...Comida quentinha, prato delicioso... • Na famosa parábola das Bodas, quando o convite foi enviado, o mesmo dizia: “Dizei aos convidados: Eis que tenho o meu jantar preparado, os meus bois e cevados já mortos, e tudo já pronto, vinde as bodas.” (Mt 22:4) • Tudo o que precisamos para nossa edificação espiritual, instrução, consolo, conforto, inspiração, etc... Nós encontramos no Banquete da Palavra. Nada falta, o manjar é completo (2 Tm 3:16) (Jr 15:16) • Crentes e até pregadores que não se contentam somente com Bíblia, correm sempre atrás da última novidade de modismo teológico. Lamentavelmente a Palavra de Deus não lhes é suficiente, buscam falsos recursos que nada trazem de crescimento espiritual. • Voltemos ao Banquete da Palavra, onde nossa alma é alimentada e onde somos plenamente satisfeitos – (Mt 4:4) (Sl 119:103) 3. O BANQUETE DA PALAVRA POSSUI FOGO • O texto bíblico em foco: João 21:9 – nos informa a respeito da presença do fogo no Banquete preparado por Jesus • Pregadores, não esqueçam que o Banquete da Palavra tem fogo – (Jr 23:29) (Lc 24:32) • Como pregadores não podemos dar ao povo tres tipos de comida: a) comida seca – que não tem o óleo do Espírito b) comida velha – que não tem o poder da renovação do Espírito c) comida fria – que não tem o fogo do Espírito 4. O BANQUETE DA PALAVRA TEM PEIXE E PÃO • Vez por outra sou indagado por irmãos a respeito de como saber quando um avivamento é verdadeiro em uma igreja. Principalmente respondo aos mais afoitos, quando estes me dizem: - Pastor, lá em tal lugar tem muito fogo...a gente pisa na brasa pra lá e pra cá... • Sempre tenho respondido da seguinte maneira: - “Meu irmão, dá uma olhada, se sobre as “brasas” tem peixe e pão... • Muita gente se engana redondamente a respeito – imaginam que avivamento só traz fogo e brasas. • O verdadeiro Avivamento, é bíblico – que traz sempre sobre as brasas: peixe e pão – “Logo que saltaram em terra, viram ali brasas, e um peixe em cima, e pão.” (Jo 21:9)

domingo, 12 de setembro de 2010

sou um cristão deprecivo

De acordo com a Sociedade Brasileira de Psiquiatria clínica (SBPC), “a depressão é uma doença "do corpo como um todo", que compromete seu corpo, humor e pensamento. Ela afeta a forma como você se alimenta e dorme, como se sente em relação a si próprio e como pensa sobre as coisas”. A depressão tem levado milhares de cristãos a desconfiarem e desacreditarem em Deus, é uma fase de total reclusão, de onde até mesmo Deus está extinto, não por se afastar, mas por o afastarem. A depressão como doença é multicausal, ou seja, não é formada apenas por uma causa, mas por várias. Os sintomas variam, são numerosos, mas os mais intensos e comuns são: o desinteresse, o desânimo, a irritabilidade, insônia, perda de peso, déficit de concentração entre outros sintomas. Muitos cristãos, na maioria mulheres, sofrem com esta enfermidade; e alguns a denominam de doenças crônicas de ordem espiritual. Não, depressão é uma doença patológica, e nestes momentos de extrema debilidade ficamos suscetíveis às retaliações demoníacas. É nesta hora que devemos buscar ao Senhor, pois o problema psicológico estende-se ao espiritual. A bíblia nos instrui a confiarmos em Deus, não em descreditarmos seu poder; sim; descreditarmos mesmo, pois passamos a não darmos créditos ao Senhor. “Lançando sobre ele toda vossa ansiedade, pois ele tem cuidado de vós”, este é o convite e a afirmativa para quem deseja descansar no Senhor em meio aos mares bravios que enfrentam. Uma vez que vivo em depressão, desânimo e inquietude, meu corpo reagirá com diversos males, mas, se lançar minhas ansiedades, angustias e desânimos ao Senhor, certamente também agirá. Afirmar que sou depressivo, primeiro: é afirmar que sou um doente que está ou precisa de tratamento, agora, afirmar que há tratamento e não cura estou subestimando o cuidado de Deus sobre mim; uma vez que digo acreditar em Deus. Não há nada que o Senhor não possa fazer, em absoluto. Uma vez que em Deus confiamos, estamos à mercê de suas benfeitorias, mas, em contrapartida não crendo, estou entristecendo ao Senhor que pode e deseja agir em meu favor. Você deseja ser curado, sim, então descanse no Senhor. Nossa fé é pensante, racional, por isso deves por os pingos nos “is” e confiar no Senhor te todo teu coração. Vivo esta realidade há muitos anos, com um familiar, e só há cura com o controle mental, e só há controle mental, descansando em Deus, e só descansam em Deus, aqueles que Nele confiam.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

espinhase verdades

Espinha é um problema para as mulheres. Como se livrar? Quais os mitos e as verdades? Chocolate piora a acne? Não, nenhum estudo comprovou a ligação do chocolate com o problema. Quando você lava o rosto, sua pele fica mais bonita? Cuidado, excesso de limpeza estimula a produção de óleo, limpar o rosto uma vez pela manhã e outra pela noite já é o suficiente. O bronzeado diminui as espinhas? A melhora é apenas momentânea. Depois há um efeito rebote, pois o sol aumenta a produção de sebo, que contribui para o surgimento das espinhas...

prostota

As principais doenças que acometem a próstata são: Hipertrofia Benigna da Próstata (HPB) – que representa o crescimento de um adenoma (tumor benigno), em uma das partes da glândula; Processos inflamatórios e infecciosos - as chamados prostatites; Câncer da Próstata. A próstata é uma glândula masculina, que pesa cerca de 20 gramas, e secreta fluidos que compõem parte do sêmen. Localiza-se logo abaixo da bexiga, envolvendo uma parte da uretra. Hipertrofia Benigna da Próstata (HPB): É a doença mais comum do homem. Representa o crescimento nodular de uma das regiões da próstata. Sua incidência aumenta progressivamente com a idade, ocorrendo em 40 % dos homens a partir dos 50 anos e em 90 % daqueles com 80 anos. O crescimento da próstata comprime a uretra, causando obstrução mecânica ao fluxo da urina, o que leva à dificuldade para urinar. A urina estagnada na bexiga favorece o surgimento de infecção urinária e formação de cálculos. O esforço para urinar, em conseqüência da obstrução ao fluxo urinário, aumenta a pressão no interior da bexiga e provoca o aumento de suas camadas musculares. O aumento da pressão dentro da bexiga se transmite aos ureteres e aos rins, podendo levar à doença chamada hidronefrose e culminar com um quadro de insuficiência renal. Os sintomas da Hipertrofia Benigna da Próstata podem ser divididos em dois grandes grupos: Sintomas Obstrutivos, decorrentes da obstrução ao fluxo urinário, tais como: diminuição da força do jato urinário; esforço para urinar; interrupção do jato durante a micção; gotejamento; sensação de esvaziamento incompleto da bexiga. Sintomas Irritativos, devidos à irritabilidade da bexiga : urgência para urinar; dor no baixo ventre; diversas nicções noturnas; diversas micções, em um curto espaço de tempo, com saída de pequena quantidade de urina em cada uma delas. Também pode ocorrer sangramento junto com a urina e infecção urinária. No Exame Físico, é imprescindível o Toque Retal que fornece informações sobre o volume, consistência, presença de irregularidades, limites, sensibilidade e mobilidade da próstata. O Exame de Urina evidencia a presença de sangramento e/ou infecções. Exames de Sangue, tais como: uréia e creatinina, permitem avaliar o comprometimento da função renal. A dosagem do PSA (uma proteína chamada Antígeno Prostático Específico) é importante para a exclusão de possíveis tumores malígnos da próstata. A Ultra-sonografia permite avaliar a forma e a densidade da próstata, bem como a presença de resíduo elevado de urina na bexiga, após a micção. A Urografia Excretora tem sua indicação quando ocorrer sangramento na urina e como complemento para melhor avaliação de alterações observadas na ultra-sonografia. Quando necessário podem ser realizados ainda: Uretrocistografia - exame radiológico, com introdução de contraste através da uretra. Uretrocistoscopia - exame que permite a visão da uretra e bexiga, através de instrumentos óticos introduzidos pela uretra. Biópsia da Próstata - coleta de fragmentos do tecido prostático, através de punção trans-retal. Estudo Urodinâmico - avaliação das contrações da bexiga e alterações do fluxo urinário durante a micção. O tratamento da HPB pode ser clínico ou cirúrgico. A seleção do tratamento é feita tendo em vista as condições clínicas do paciente, os danos causados ao aparelho urinário e a gravidade dos sintomas. Pacientes com sintomas leves e sem complicações devem ser observados, com acompanhamento anual. Nos pacientes com sintomas moderados está indicado o tratamento medicamentoso. Em pacientes com sintomas graves, o tratamento cirúrgico é a opção recomendada. O tratamento cirúrgico padrão da obstrução do fluxo urinário por HPB é a chamada ressecção trans-uretral da próstata ou a prostatectomia supra-púbica. O tratamento cirúrgico está indicado quando ocorrer: Retenção urinária persistente e refratária ao tratamento clínico. Infecções urinárias freqüentes. Sintomas clínicos graves. Dilatação do sistema urinário. Sangramento urinário persistente. Associação de cálculos ou divertículos na bexiga. Ressecção Trans-uretral da Próstata (RTUP): consiste na retirada de fragmentos do tecido prostático, através de instrumental introduzido pela uretra, desobstruíndo o fluxo urinário. Sendo menos traumática que a cirurgia aberta, propiciando menor tempo de hospitalização e recuperação mais rápida do paciente, é o método de preferência para o tratamento cirúrgico da HPB. Prostatectomia Supra-púbica: trata-se de cirurgia aberta, onde a retirada do adenoma da próstata é realizado através de uma abertura feita na bexiga. As indicações da prostatectomia supra-púbica são as seguintes: Próstatas muito volumosas (acima de 80 - 90 g). Presença de divertículos ou cálculos na bexiga. Estenose uretral extensa. Problemas ortopédicos que impossibilitem a colocação do paciente na posição adequada para a RTUP. Câncer de Próstata A freqüência do câncer de próstata aumentou de forma explosiva nos últimos anos, representando, atualmente, o câncer que mais freqüentemente acomete o homem. Sua incidência aumenta com a idade atingindo quase 50 % dos indivíduos com 80 anos. Todavia, sua evolução é lenta e a grande maioria de seus portadores, provavelmente, virão a falecer de outros motivos que não o câncer de próstata. A busca do diagnóstico precoce, visando um tratamento curativo, assume fundamental importância e deve ser realizada através de exame preventivo, anual, em todos os homens a partir de 45 anos de idade, independente de apresentarem ou não sintomas. Naqueles que possuem história de incidência de câncer de próstata na família, o exame preventivo deverá ser iniciado aos 40 anos. Detecção do Carcinoma Prostático: Toque retal - O exame digital da próstata é o método mais antigo, mais barato e ainda o mais usado para levantar suspeitas de câncer de próstata. Dosagem do Antígeno Prostático Específico (PSA) - O PSA é uma proteína secretada pela próstata. O aumento da taxa de PSA no sangue, excluídas as causas benignas desse aumento, pode indicar a presença de câncer de próstata. Elevações extremamente expressivas sugerem o comprometimento metastático do tumor. As causas benignas de aumento do PSA são: Hipertrofia prostática benigna. Massagem prostática recente. Prostatite. Retenção aguda de urina. Biópsia prostática por agulha. Ressecção trans-uretral da próstata. Ultra-sonografia da Próstata – é um exame ultrassonográfico da próstata, que pode evidenciar o aumento de volume da mesma, alterações de sua consistência e a presença de nódulos. A Ultra-sonografia trans-retal permite uma avaliação mais acurada da próstata. Biópsia – é a coleta de fragmentos do tecido prostático, através de punção por uma agulha especial, confirma o diagnóstico da lesão. O tratamento do câncer de próstata varia de acordo com o tipo de tumor e estágio em que foi diagnosticada a doença. As diversas possibilidades de tratamento, mais adequadas para cada caso, devem ser discutidas entre médicos e pacientes e compreendem: Prostatectomia radical - retirada cirúrgica de toda a próstata e tecidos linfáticos adjacentes. Bloqueio hormonal - o crescimento do tumor é contido através de terapia medicamentosa. Orquiectomia - o crescimento do tumor é contido através do efeito hormonal provocado pela retirada dos testículos. Radioterapia - está indicada em determinados casos.

domingo, 15 de agosto de 2010

palavra de DEUS

Por Admin em 10 de março de 2010 | 231 visualizações | 2 Comentários LEIA A BÍBLIA DIARIAMENTE A Bíblia é a Palavra de Deus inspirada. Alem de anunciar as Boas Novas do perdão e vida eterna, ela também responderá as várias dúvidas que você terá à medida que tentar viver de maneira a agradar a Deus. Ela capacitará você a estar “perfeitamente preparado para toda boa obra” (2 Timóteo 3:17). Veja algumas sugestões para a sua leitura diária da Bíblia: Antes de começar a leitura, ore ao Senhor pedindo-lhe entendimento. Leia o Novo Testamento nessa ordem: Primeiro leia todo o Evangélho de Lucas, um capítulo por dia. Ele o ajudará a entender os princípios básicos do Evangelho . Depois o livro de Atos. Você vai ler a incrível história de como os primeiros discípulos de Jesus espalharam as Boas Novas de Sua morte e ressureição. A seguir leia algumas cartas que os apóstolos de Jesus escreveram para os seus primeiros discípulos, aqueles que eram novos na fé, assim como muitos de vocês que acompanham esse blog. Essas cartas vão do livro de Romanos até a terceira Carta de João. Depois, volte para um dos evangelhos e leia um destes: Mateus, Marcos ou João. Depois comece a ler a Bíblia toda começando de Gênesis; pois esta é a carta de Deus para você e deve ser lida toda. Pense sobre o que está lendo , estude e analise. Peça para seu pastor ou um amigo evangélico mais maduro, uma sugestão de um bom estudo bíblico. Além de nos revelar a pessoa de Deus, a Bíblia contém mais princípios de sabedoria do que qualquer outro livro no mundo. Leia o livro de Salmos, que é o livro de adoração do Antigo Testamento, para enriquecer os seus momentos de devoção à Deus. Leia o Livro de Provérbios para adquirir sabedoria, bom senso e para fortalecer o seu relacionamento com outras pessoas. Durante os estudos, ore ao Senhor pedindo entendimento. O Senhor Divino Espírito Santo ajudará você a ver a vida co a perspectiva de Deus (Salmos 119:18). Sempre que puder, converse com outras pessoas sobre o que você está aprendendo. Que o Senhor Jesus ilumine a tua mente para compreender como deve ser o teu dia-a-dia enquanto estiver nesta caminhada para o céu!

sábado, 14 de agosto de 2010

MENSAGENS DE PAZ: a paz do senhor

MENSAGENS DE PAZ: a paz do senhor

a paz do senhor

irmãos e seguidores desse blog,quero continuar com esse blog na net, minhas condições no momento,não é nada bem.mas graças a DEUS que supre as nossas nececidades,e abre portas que estão fechadas.venho por meio desse blog,,que sei que te trás renovo e edificação espiritual,pedir mediante a tua condições ,asua ajuda senti do senhor ,por isso estou pedindo a sua ajuda, EM 1 CRÕNICAS CAP29 VERSO5B ESTÁ ESCRITO [QUEM ,POIS, ESTÁ DISPOSTO A ENCHER A SUA MÃO,PARA OFERECER HOJE VOLUNTARIAMENTE AO SENHOR]VOCÊ PODERÁ FAZER UM DEPÓSITO NUMA CONTA POUPANÇA QUE ABRI AGÊNCIA 3915 CAIXA ECONÓMICA FEDERAL OPERAÇÃO 013 N DA CONTA 13914-3 POUPANÇA EMERSON LUIZ DE OLIVEIRA SÓ DEPOSITE SE REALMENTE VOCÊ SENTIR DE DEUS,O VALOR É VC QUE VAI VER. O MEU INTERESSE NO BLOG É LEVAR A PALAVRA DE DEUS PARA A SUA EDIFICAÇÃO ESPIRITUAL. QUERO ORAR A TEU FAVOR TENHO EMAIL EMERSONLUIZ1969@BOL.COM.BR emersonluiz1969@ymail.com emersonoliveira07@gmail.com entre em contato através desses email ou ainda emersonluizdeoliveira rua.belo horizonte n141 cj res renato bonilaure pinhais-parana cep 83325-440 41-96196722

quinta-feira, 22 de julho de 2010

cientistas descobrem agora,o que a mais de2010anos a palavra de DEUS esta escrito

A galinha surgiu antes do ovo,dizem cientistas da universidade de SHEFFILD E WARWICH,no reino unido.
na pesquisa foi utilizado um super computador para visualizar de forma ampliada a formação de um ovo. a maquina ,chamada de HECTOR,indicou que a OC-17é fundamental no inicio da formação da casca.Essa proteina é quem transforma o carbonato de cálcio em cristais de calcita,que compõem a casa do ovo.DR.COLIN FREEMAN,DO DERPARTAMENTO DE ENGENHARIA MATERIAL DA UNIVERSIDADE DE SHEFFILD,constatou:"há muito tempo se suspeita que o ovo veio primeiro mas agora temos a prova cientifica de que,na verdade,a galinha foi a percussora"
a palavra de DEUS em Gênesis capitulo 1,versos21 e22 diz." E DEUS CRIOU AS GRANDES baleias,e todo o reptil de alma vivente que as águas abundantemente produziram conforme as suas especies;e toda a ave de asas conforme a sua especie.e viu DEUS que era bom.
E DEUS os abençoou,dizendo:frutificai e multiplicai-vos,e enchei as águas nos mares:e as aves se multipliquem na terra.
aleluia,glória a DEUS, unico e verdadeiro,que vive e reina para sempre.
o que eles descobriram,só os servos do senhor sabem a tempo.
então,você pode através da palavra de DEUS,pode afirmar com certeza que a galinha nasceu primeiro,antes do ovo ...meu email emersonoliveira07@gmail.com,ou emerson1969@r7.com,ou emersonluiz1969@bol.com.br

segunda-feira, 31 de maio de 2010

O DESAFIO DE FAZER MISSÕES

leia atos1:8
.....01]recebereis poder...]missões começa no poder do ESPIRITO SANTO!
O ESPIRITO SANTO é e sempre será o responsável por missões,pois é somente ele é quem dirige,motiva,impulsiona e condus a igreja para cumprir sua real tarefa missionária.
a igreja ter que ter visão missionaria;somente com o derramamento do ESPI

RITO SANTO,é que a igreja tem essa visão.[leia atos2;41 4;4 17;6]

continua ....